quinta-feira, 10 de maio de 2018

PROCURADO

Ajude a pega-lo..

Policiais da Delegacia de Investigações Gerais – DIG, que investiga os crimes de autoria desconhecida, busca incessantemente pegar o ladrão comparsa de outro já preso pela PM, que juntos, na madrugada de 09 de março de 2018, torturaram e mataram para roubar (latrocínio) o comerciante Márcio Antônio Galhardo, de 50 anos, que morava em uma edícula nos fundos da sua loja de móveis usados, na rua Oswaldo Aranha, no Parque Industrial, em Rio Preto.
Tortura pura.
Latrocínio na cabeça.
Crueldade.
O bandido procurado (nas imagens de calça comprida) era amigo da vítima, o que facilitou a entrada dos assassinos na residência, cujas câmeras de vídeo da loja registraram com primazia a ação de ambos, coisa que chega a doer no coração da gente, quando visualizando as imagens, se percebe nitidamente, quando um deles (o que está foragido) aperta a campainha, fica por alguns instantes ansioso, como se percebe nas imagens, aguardando que a vitima abra a porta, e após isso, num gesto dele com a mão, chama pelo companheiro que está na espreita. Ambos entram na casa, e algumas horas depois saem com a motocicleta, notebooks e telefone celular da vítima.
Alertados por vizinhos da residência guardas municipais que passavam pelo local, adentraram o imóvel e encontraram a vítima morta, com as mãos amarradas com fios elétricos, os pés amarrados com um cinto, com a cabeça coberta e um lençol envolvido no pescoço.

Policiais Militares, com apoio do Comando de força Patrulha (Equipe Tenente Amalia Paci) prenderam, algumas horas depois e ainda em flagrante, Gustavo Franco Rodrigues, de 19 anos, que escondeu a motocicleta roubada do comerciante em um imóvel abandonado no bairro Nato Vetorazzo.



A motocicleta foi apreendida.

DIG dispara Nota de Imprensa solicitando a divulgação e ajuda da comunidade no sentido de encontrar e prender o segundo acusado, que já tem prisão decretada, para relatar o inquérito policial e enviar a justiça para que os acusados sejam levados as barras dos tribunais para o devido julgamento, se culpados ou inocentes.

Nota
********Pelo presente solicitamos os bons préstimos dos senhores de reiterar a veiculação das imagens que seguem no link, pois até o momento não temos pistas do segundo indivíduo, que praticou o latrocínio ocorrido no dia 09 de março.

As imagens que seguem mostram que aparentemente o suspeito que trajava calça conhecia a vítima. Esse é o que ainda não foi identificado. Por isso a divulgação dessas imagens a fim de que a população nos ajude na busca de tal pessoa****

#Atente para as imagens. 197 ou 190.
Não tema em denunciar o paradeiro do procurado.
A sua denúncia é anônima e mantida em sigilo absoluto.

Existem coisas nessa vida, que não podem ficar impunes.

Joilda Gomes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário sobre esta matéria. Volte sempre!

E ATENÇÃO: O ÚNICO EMAIL PARA CONTATO COM O JORNAL DO POVO RIO PRETO É O MEU JORNALDOPOVORIOPRETO@BOL.COM.BR OU JORNALDAJOILDAGOMES@GMAIL.COM NÃO EXISTE NENHUM OUTRO. NINGUÉM ESTÁ AUTORIZADO A FALAR PELO JORNAL. SOU ÚNICA PROPRIETARIA E RESPONSÁVEL PELO BLOG. QUALQUER OUTRO EMAIL É CRIME. CHAME A POLÍCA RSRSR