segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

PM e Vara da Infância em Ação!

Atendimento de ocorrência pela boate Black House, em apoio ao juizado da infância e juventude, agentes Fábio Toledo e Hélio Rodrigues Filho, a viatura I-17213, cb Logarolto e sd Nepomuceno, juntamente com as demais viaturas, foi feito contato com a proprietária Maria Miron de Alencar e o organizador do evento Diego Vitor Vicente.

Foi constatado no local a presença de vários adolescentes ingerindo bebidas alcóolicas.

Foi realizado busca pessoal em todos os presentes, sendo encontrado nos pertences de dois indivíduos maiores de idade, E. A. J. e T. L. A. e uma menor de idade, J. L. S, porções de entorpecentes (maconha e cocaina), 304 reais em dinheiro e com dois outros menores de idade, foram encontrados documentos de outras pessoas, tentando se passar por maiores de idade.

Um indivíduo maior de idade, Thaylon Henrique da Silva, se exaltou durante a abordagem, vindo a desacatar, desobedecer e ofender um policial militar, também sendo conduzido.

Objetos, indivíduos e responsáveis pelo evento foram conduzidos para a Central de Flagrantes, onde o delegado de plantão Marcelo Goulart elaborou BOPC número 1468/18 de ato infracional (falsa identidade), drogas para consumo pessoal sem autorização ou em desacordo e Termo Circunstanciado número 900035/18 de entorpecentes/drogas para consumo pessoal sem autorização ou em desacordo e desacato.

Adolescentes liberados para os pais e/ou responsáveis e para o Conselho Tutelar e os maiores de idade foram ouvidos e liberados.

Maria Miron Alencar e Diego Vicente vão responder na justiça.

Fonte e imagens: PM- divulgação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário sobre esta matéria. Volte sempre!

E ATENÇÃO: O ÚNICO EMAIL PARA CONTATO COM O JORNAL DO POVO RIO PRETO É O MEU JORNALDOPOVORIOPRETO@BOL.COM.BR OU JORNALDAJOILDAGOMES@GMAIL.COM NÃO EXISTE NENHUM OUTRO. NINGUÉM ESTÁ AUTORIZADO A FALAR PELO JORNAL. SOU ÚNICA PROPRIETARIA E RESPONSÁVEL PELO BLOG. QUALQUER OUTRO EMAIL É CRIME. CHAME A POLÍCA RSRSR